Relatório do TsuLama: painel de experts chega a respostas desagradáveis para os contratantes

samarco-2

A Mineradora Samarco e suas proprietárias (as mineradoras Vale e BHP Billiton) acabam de liberar um extenso relatório produzido por um painel de especialistas em reservatórios de rejeitos que foi contratado para elencar as possíveis causas do rompimento do reservatório de Fundão no dia 05 de Novembro de 2017 no município de Mariana (MG).

O documento intitulado “Report on the Immediate Causes of the Failure of the Fundão Dam” (ou em bom em português “Relatório sobre as causas imediatas da ruptura do Reservatório de Fundão”)  é assinado por Norbert R. Morgenstern (Chair), Steven G. Vick
Cássio B. Viotti e Bryan D. Watts.

É importante notar que as mineradoras Samarco, Vale e BHP Billiton contrataram este painel de especialistas com um mandato bastante estrito a partir de questões bastante focados que foram basicamente as seguintes: 1. por que o derramamento de rejeitos ocorreu, 2. por que o derramamento oocorreu no local onde se o evento se deu, e 3. por que o derramament ocorreu no momento e mque se deu?

A partir daí, o que fica claro é que todos os outros aspectos relativos ao pós-TsuLama ficaram de fora da análise desses especialistas todos os aspectos ambientais e sociais que decorreram do evento. Essa é para mim seria uma saída bastante conveniente para quem quer se livrar das responsabilidades por ter causado o maior desastre da área da mineração nos últimos 300 anos em todo o mundo!

Entretanto, mesmo com um mandato tão estreito e restrito ao processo de rompimento do reservatório de Fundão, os especialistas acabaram chegando a um cojunto de conclusões que trazem consequências potencialmente desagradáveis para as mineradoras. É que apesar de terem incluído até o misterioso terremoto que teria ocorrido no mesmo dia do rompimento do reservatório, o máximo que os especialistas puderem dizer foi que o evento sísmico pode ter apenas contribuído para acelerar o inevitável. 

Outro aspecto bastante interessante das conclusões dos especialistas é sobre o que tornou o rompimento de Fundão inevitável. Nesse caso, apesar de apontarem para a boa qualidade do “design” do reservatório, os especialistas apontaram que a forma de uso e manejo do reservatório contribuiu diretamente para o rompimento. Em outras palavras, a culpa das mineradoras está explícita num relatório que elas mesmas encomendaram!

Para quem quiser ter acesso a este relatório, basta clicar Aqui!. E, sim, o texto está disponível apenas em inglês e certamente não por acaso!

Um pensamento sobre “Relatório do TsuLama: painel de experts chega a respostas desagradáveis para os contratantes

  1. […] pelas mineradoras envolvidas no incidente ambiental causado pelo TsuLama da Mineradora Samarco (Aqui!).  Pois bem, neste domingo (04/09) a Folha de São Paulo publiquei um artigo assinado pelo […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s