Campos sob nova direção? Leia o Planicie Lamacenta e tire suas conclusões

banner-blog-novo

Muitos podem não concordar com o estilo, digamos, abrasivo que o blogueiro Douglas da Mata utiliza para refletir sobre a nossa realidade política, econômica e social. Eu mesmo já fui alvo de sua pena pesada uns tempos atrás. Mas nem isso me fez deixar de admirar o estilo e a contundência. Aliás, num mundo em que a maioria se contenta com apresentar uma fachada politicamente correta para esconder as reais intenções, considero indispensável que tenhamos quem fale as coisas do jeito que elas são, ainda que com excesso de “pimenta”.

Nesse momento, venho acompanhando como leitor as várias reflexões que o Douglas da Mata vem fazendo sobre os caminhos (ou seriam descaminhos?) que estão sendo trilhados pelo jovem prefeito de Campos dos Goytacazes, Rafael Diniz, no início de um mandato que deveria representar uma mudança qualitativa na forma de govenar a nossa cidade.

Por essa razão, e com a forte possibilidade de tomar uma sarrafada do Douglas da Mata que não é muito chegado em propaganda alheia para o seu blog, recomendo que quem não se contentar em ser iludido com uma cobertura midiática e blogueira que aparentemente quer nos convencer que agora vivemos, como num passe de mágica, numa cidade despossuída de problemas, que acessem e leiam o Planície Lamacenta sem medo ou preconceito.

Aliás, o prefeito Rafael Diniz e sua equipe deveriam ser os primeiros a fazerem isso. Quem sabe deixem de continuar cometendo alguns dos erros básicos que já cometeram.

Para ler o Planície Lamacenta, basta clicar  (Aqui!)

 

2 pensamentos sobre “Campos sob nova direção? Leia o Planicie Lamacenta e tire suas conclusões

  1. Douglas da Mata disse:

    Grato pelos comentários elogiosos, Marcos…E lembre-se: atrito gera calor, calor gera energia e energia é o que precisamos para mudança…

    • Douglas, os comentários foram sinceros. Acho que precisamos de pessoas que falem as coisas claramente, ainda que nem sempre concordemos com elas. E quanto ao atrito, concordo contigo. Aliás, diria mais, sem conflito de ideias não há qualquer chance de mudança. E citando outro pensador desta planície, sigamos em frente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s