Após privatizar a CEDAE, (des) governo Pezão caminha para um fim inglório

Passada a vergonhosa privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (CEDAE), o (des) governo Pezão viu ontem (02/03) o prenúncio de que poderá chegar a um final inglório. Pelo menos é o que se depreende da informação oferecida pelo jornalista Lauro Jardim de que o Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro entrou com uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o  (des) governador Pezão, além de pedir o seu afastamento o cargo, incluindo ainda a suspensão dos seus direitos políticos por até cinco anos e pagamento de multa (Aqui!).

pezao-1

Nunca é demais lembrar que a essa ação do MP/RJ também se soma a cassação do mandato da dupla Pezão/Francisco Dornelles que foi aprovado pelo Tribunal Regional Eleitoral por relações pouco probas entre receptores de benefícios fiscais e doações à campanha eleitoral ocorrida em 2014.

Essa combinação de problemas legais enfrentados por Pezão deverá ficar ainda mais complicada nas próximas semanas quando forem assinadas várias delações premiadas onde seu nome aparece como beneficiário de receptor de recursos financeiros oriundos dos mesmos esquemas que colocaram o ex (des) governador Sérgio Cabral como hóspede do complexo prisional de Bangu.

Por essas e outras é que não é preciso ser vidente para antever que o (des) governo Pezão caminha para um fim inglório. Resta saber apenas quando a cortina se fechará.

2 pensamentos sobre “Após privatizar a CEDAE, (des) governo Pezão caminha para um fim inglório

  1. Marco Antônio disse:

    Interessante que a denúncia do CREMERJ estava arquivada no MPRJ (como outras tantas contra o PMDB arquivadas nos últimos dez anos), e somente após o MPF começar a desarticular a quadrilha do PMDB do Rio é que o MPRJ resolveu desarquivar esta denúncia e agora ingressar com uma ação civil pública. Dito isso, fico pensando com meus botões se o CNMP tomará alguma atitude em relação a esta letargia (para não dizer outra coisa) do MPRJ em relação ao PMDB RJ, já que da imprensa não podemos esperar nada. A verdade é que Cabral e cia. só puderam agir por todo este tempo com a cumplicidade da ALERJ, TCE, TJRJ e MPRJ. E olha que a bomba do Rio Oil Finance (Previdência do RJ) ainda não estorou, isso é outra coisa que fico pensando com meus botões… quem está “segurando” este escândalo do Rio Previdência?

    • Marco Antônio, você levanta pontos muito interessantes. E, concordo, essa situação do Rio Oil Fiance Trust é a bomba que precisa ser estourada. Resta saber quem vai querer acender o pavio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s