Após passagem efêmera e obscura, deputado Pedro Fernandes renuncia ao cargo de secretário estadual de Ciência e Tecnologia

pf sc

Deputado Pedro Fernandes durante sua cerimônia de filiação ao PMDB quando teve a ficha abonada pelo ex-(des) governador Sérgio Cabral.

Tendo tomado posse do cargo de secretário de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro em fevereiro de 2017 (Aqui!), o deputado estadual Pedro Fernandes pediu demissão do cargo na manhã desta 3a. feira, alegando contrariedade com o atraso dos salários dos servidores da sua pasta (Aqui!).

Antes que eu me debruce sobre as razões alegadas pelo jovem deputado para retornar ao seu posto na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), afirmo que mais um secretário passa pela Ciência e Tecnologia sem ter o mínimo preparo para gerir uma área tão estratégica no atual momento do desenvolvimento  da economia mundial.  Lamentavelmente, o (des) governo Pezão conseguiu imprimir um nível de degradação na ciência e tecnologia que jamais vi em meus quase 40 anos de Rio de Janeiro. E olha que já tivemos governadores péssimos e anti-ciência, mas Pezão superou todos eles.

Em relação às razões alegadas pelo deputado Pedro Fernandes para pedir demissão do cargo que ocupava há pouco mais de 5 meses, o fato é que elas fossem genuínas a passagem teria sido ainda mais breve. É que Pedro Fernandes já tinha colocado a regularização do pagamento dos salários na sua pasta como condição antes, e continuou no cargo. A razão ou razões devem ser outras, e talvez fiquemos sabendo melhor sobre elas nos próximos dias e semanas.

De toda forma, Pedro Fernandes não deixará nenhum legado que mereça este nome, pois como outros secretários apenas usou da estrutura da secretaria de Ciência e Tecnologia para se auto-promover. E voltar para a Alerj é a saída mais confortável que ele poderia escolher, pois com o mandato na mão ele não sofrerá as consequências que estão sendo jogadas nas costas dos servidores que estão sem receber seus salários desde Abril. Em outras palavras, já vai tarde.

E que ninguém se espanta se o (des) governador Pezão indicar alguém ainda mais despreparado para chefiar a SECTI. É que a capacidade dele de piorar as coisas chega às raias do insuperável.

 

3 pensamentos sobre “Após passagem efêmera e obscura, deputado Pedro Fernandes renuncia ao cargo de secretário estadual de Ciência e Tecnologia

  1. […] Após passagem efêmera e obscura, deputado Pedro Fernandes renuncia ao cargo de secretário estadua… […]

    • jose ubirajaramoreira da silva disse:

      so um imbecil despreparado e fora da realidade como este sr. que fez estas declaraçoes, sem se preocupar com a realidade do RJ . O dep. Pedro Fernandes foi e sempre será um administrador capaz e dedicado aquilo que se propõe.As razo~es de sua renuncia é sabida por todos que acompanham o trabalho do dep.Que este Sr. procure saber mais sobre o dep. e então verá o absurdo dos seus comentários.Ubirajara silva

      • José Ubirajara, liberei o seu comentário para que os leitores do meu blog a qualidade dos apoiadores do deputado Pedro Fernandes. Se esse tipo de argumento que você tem para defendê-lo, eu não preciso mais me preocupar em criticar a passagem pífia que ele teve pela SECTIDS. Obrigado por seu esclarecedor comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s