Servidores, pensionistas e aposentados discriminados pelo (des) governo Pezão lançam carta pública de denúncia à população fluminense

CARTA ABERTA À POPULAÇÃO FLUMINENSE

Os Servidores ativos, aposentados e pensionistas do Estado do Rio de Janeiro declaram à população:

O governador Luiz Fernando Pezão (ex-aluno de escolas públicas de Piraí), junto com seus secretários, escolheram contar ao povo que não há como quitar os salários. Escolheu mentir à população! E mais do que isto: ao invés de procurar por saídas, escolheu pagar alguns… dividiu uma luta que é de toda sociedade, escolheu deixar Universidades como a UERJ, a UENF, a UEZO, agonizando! Agonizando segue a saúde, sucateada com equipamentos sem manutenção e hospitais fechando ou reduzindo o número de leitos!

O Estado escolheu deixar hospitais como o Pedro Ernesto morrerem aos poucos… Mas o governador, não vai fazer seu tratamento em hospitais públicos, não é mesmo? Vai para um Spa em Penedo, que também é um “centro de saúde”, que custa a bagatela de 11 mil reais por semana. Também é escolha deste Executivo, deixar sem as condições de funcionamento CECIERJ, FAETEC e matar também a CULTURA, não investindo em Ciência e Tecnologia.

E por último, nos causa revolta ver que este governo escolhe deixar milhares de SERVIDORES sem ter como arcar com suas despesas depois de terem honrado cada dia de suas vidas como funcionários públicos. NÓS SERVIDORES, ESTAMOS COM NOSSOS SALÁRIOS ATRASADOS E SEM DÉCIMO TERCEIRO DE 2016!

ATIVOS, APOSENTADOS E PENSIONISTAS ESTÃO À MINGUA, LUTANDO POR DIGNIDADE!

E para o Judiciário? Ah… para o Judiciário, isto é um “MERO ABORRECIMENTO”. Mas seus salários, estão em dia!

Junte-se a nós e escolha lutar por um funcionalismo forte, que tenha dignidade para viver, trabalhar e atender a população com o respeito que ela merece! Diga não à privatização da Saúde e da Educação Pública!!!

“OS SEM SALÁRIOS DO ESTADO”
UERJ – UENF – UEZO – CECIERJ – FAETEC – FAPERJ – CULTURA – SAÚDE – APOSENTADOS E PENSIONISTAS.

153 pensamentos sobre “Servidores, pensionistas e aposentados discriminados pelo (des) governo Pezão lançam carta pública de denúncia à população fluminense

  1. Sueli disse:

    Estou desesperada, dívida no banco crescendo dia a dia com os juros exagerados, não sei como vou pagar e nem consignado estão liberando. Deus como pode um governador fazer tal maldade, covardia, injustiça!
    🆘🆘🆘

  2. Arlene Roberty Leite disse:

    Estou com voces.
    A

    • Estou solidária a todos. Estamos juntos. Sou funcionaria concursada do quadro permanente passando pelo desespero sem poder honrar com minhas responsabilidades em consequência destes crime com as pessoas do RJ.
      Cadê o empréstimo que antes foi 3,5 agora ….? E não sai???

  3. Alvaisa disse:

    Estamos juntos, nessa luta!

  4. Maria Jorgina disse:

    Queremos nosso salario em dia

  5. Ruth Hasson disse:

    Uma vergonha, não é favor, trabalhamos para podermos, ter nosso direito garantido.
    Queremos, nosso pagamento, em dia.

  6. SANDRA disse:

    ESQUECERAM DE CITAR A SECRETARIA DE AGRICULTURA?????

  7. RONALD JOSE GOMES DE LIMA disse:

    Muito bom! A situação do estado do Rio está insustentável! Ninguém aguenta mais tanta covardia por parte do atual governo!

  8. Tanea Mara de Oliveira Queiroz disse:

    QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA DE NÓS E FAÇA JUSTIÇA NESTE ESTADO …

  9. Armando disse:

    E vergonhoso depender de um governo incompetente, depois de 40 anos de serviço público me sinto traido

  10. Andrea dos Santos souza disse:

    Absurdo o que está acontecendo com a população e com os servidores publicos

  11. SHEILA MONAYAR CONDE disse:

    Boa noite!
    Sou servidora do governo do estado do Rio de Janeiro há 40 anos e servidora pública há 45 anos e nunca imaginei passar por situações que estou passando agora.
    Recebo ligações de cobrança várias vezes ao dia, todos os dias úteis da semana.
    Sou funcionária da FAETEC, que pertence à Secretaria de Ciência e Tecnologia.
    Servidored dessa secretaria e todos os aposentados e pensionistas, excluindo os da segurança pública, estamos passando por constrangimentos de toda ordem.
    Felizmente não moro em imóvel alugado, mas muitos que moravam, tiveram que sair porque estão com ordem de despejo por três meses de atraso no aluguel e condomínio.
    Senhor governador e secretário, vocês conseguiriam viver três meses sem salário?
    Conseguiriam encarar os credores dizendo, todo dia, estou aguardando o pagamento do estado ficar em dià?
    O que vocês diriam aos seus filhos se tivessem que tirá-los do curso de idiomas, muitos na última etapa?
    Como diriam para eles que não podem mais fazer natação, ir à academia, ir a um cinema, teatro, lanchar no final de semana com os amigos, que não é falta d’água, mas a CEDAE cortou por falta de pagamento?
    Energia elétrica, também não tem, a Internet foi cortada, TV fechada… .
    Não sobrou nada para eles se distrairem.
    Como fazê-los entender uma situação dessas, em que seus pais trabalham, e no final do mês,nada de pagamento.
    Os aposentados, precisando de medicamentos e muitas vezes alimentação especial, só por caridade de alguém.
    Perdemos tudo: escolas dos filhos, divertimento, qualidade de vida,comida, medicamentos, plano de saúde,e agora estamos dependendo do atendimento médico do SUS.
    Vocês se tratam no SUS e seus filhos e netos estudam na rede pública?
    Só se for nas universidades, que a custa do esforço sobre humano, continuam existindo, ninguém sabe até quando.
    O senhor governador e secretário, estão se considerando “deuses”?
    Quem disse que ao receber votos da população do estado o senhor teria o direito de decidir sobre a vida do funcionalismo?
    Quem lhe autorgou o direito de decidir quem recebe e quem passará necessidade?
    Quem o senhor está se considerando?
    É fácil dizer que o estado não tem dinheiro, quando se deita em finíssimas roupas de cama, quando se tem a mesa com tudo que há de bom e do melhor, quando se usa grifes famosas, carros importados e blindados, banhos de piscina onde reside, viaja em primeira classe ou aviões especiais.
    O senhor já teve que dividir um bife para duas ou três crianças?
    Já lhe disseram para te paciênci até vinda do empréstimo federal?
    O pior, é que esse empréstimos foi conseguido as custas do prejuízo de outros servidores concursados.
    Por falar neles, qual será o destino de cada um?
    Quanto investimento financeiro e quanto tempo estudando para passar num concurso público, onde estaríamos com salários mensais e emprego garantido!
    De que valeu tudo isso?
    Agora, quando mais se precisa, o que resta é depender da caridade de alguém.
    O que está sendo feito do que era pago ao governo federal em forma de arresto?
    Eles eram os vilões que provocavam os atrasos.
    Mas há três meses que não há arresto, e porque não estamos recebendo?
    A venda da folha de pagamento seria a salvação. Foi vendida, e nada resolvido.
    Agora, é a venda da CEDAE, acertará os atrasados. Conseguirá o seu objetivo que é o aumento da contribuição previdênciária, e quem garante que os atrasos não continuarão?
    Quantas promessas de acerto do pagamento!
    Era julho, passou para agosto, setembro, outubro, e agora, novembro.
    Sairá mesmo?
    O décimo terceiro desse ano será pago ainda esse ano?
    Qual será a sua próxima promessa?
    Nós, os servidores é que somos responsáveis pelo estado financeiro em que o estado se encontra?
    Por que não fazem leilões de tudo que foi adquirido com o dinheiro público para políticos inescrupulosos?
    Alguns políticos roubam descaradamente, e sempre é o povo, e agora os servidores que pagarão.
    O senhor acha que isso é correto?
    Se o senhor tem consciência, consegue encarar seus filhos e dizer sigam o meu exemplo?
    Sou professora na rede FAETEC desde 1998, sempre atuando em sala de aula.
    Por favor, resolva o problema do estado não punindo os servifores incluindo os aposentados e pensionistas e nossos alunos.

  12. Luiz Carlos de Carvalho disse:

    Procedendo da maneira covarde, este infeliz governador, privilegiando certas categorias está conseguindo dividir o funcionalismo estadual. Se acresce a isto, que, os que tem recebido nada fazem para se juntar aos penalizados pela covardia perpetrada. É de se lamentar a inércia do judiciário (vergonha nacional) que em momento algum intercede por aqueles que não estão recebendo.

  13. Fernanda disse:

    O que me deixa mais revoltda é servidor votando nesses mesmos continuismo por conta do promessas falsas. Foram muitos os servidores que votaram em Pezão. ..um continuismo de Cabral. Agora choram e arrastaram com isso os outros que pensam politicamente. Servidor tem que aprender a votar políticamente. Avancem…só isso…
    Estamos sempre na luta…eu nesse apoio sempre!

  14. Marlene Akel disse:

    Sou aposentada. Náo estou passando fome porque tenho cheque especial e cartão de crédito. Até o final do mês estarei devendo 9 mil reais. Quem pagará os juros altíssimos? É simplesmente criminosa está situaçáo.cada a que estamos sendo submetidos. A quem pedir socorro?

  15. Aline disse:

    😑Essa é uma triste realidade… adorei o texto. Será que nossas dúvidas serão esclarecidas?

  16. Fabio R Bastos disse:

    Por que não se entra com um pro Estado Rio de Janeiro ? Se exista não um em andamento.
    fabio

  17. Fátima Milanêz disse:

    Como vamos nos alimentar a minha família.

  18. Floricena de Aquino lopes disse:

    Vergonhoso!!!

  19. Patricia disse:

    Todos Juntos contra esse genocídio que esse Governo Corrupto está fazendo!

  20. Carlod Alberto Moore disse:

    Não aceitamos mais. Chega! Só há uma solução, Intervenção, imediata.

  21. Josete Seixas disse:

    Absurdo!

  22. Zulimar Marques da Rosa disse:

    Não aceitamos mais esta situação vergonhosa do governo,chega,o povo já está cansado de tanta mentira, Intervenção já.

  23. Rosa Cristina do Carmo Vieira Belarmino disse:

    Meu Deus nos recorremos a ti Senhor em primeiro lugar mais onde está Judiciário isso é um desrespeito muito grande esse governo nem sei se podemos chamá-lo assim pois ele não é responsável nem respeitável cadê o presidente não faz nada porque será esqueci e do mesmo partido é uma vergonha

  24. Luiz Monteiro disse:

    É isso mesmo gente!
    Temos que insistir ainda na correção monetária dos atrasados. O décimo terceiro 2016 com um ano de atraso já não tem o mesmo valor.
    Se a Constituição Estadual prevê está correção é necessário a regulamentação e o seu devido cumprimento. Não podemos simplesmente aceitar a recusa do governo em regulamentar e cumprir a lei.
    Precisamos bater sem cessar através de ações judiciais na porta da justiça.

  25. Renato disse:

    Sou solidário a vcs mas isso nao muda em nada. Recebo em dia mas nas passeatas vejo muito pouca gente

  26. Paulo Sergio Pereira Ferreira disse:

    Covardia com os aposentados. Governo do estado do Rio, se mostra maquiavélico em tentar dividir o funcionalismo público. Com isto nossos companheiros da ativa se esquecem que um dia serão aposentados.

  27. Maria Aparecida disse:

    Absurdo isso. Sem palavras para me expressar por ser tão ilegal e cruel o que está acontecendo.

  28. Terezinha P. Luccas disse:

    Mais respeito aos professores que lhes ensinaram para que chegassem ao cargo q ocupam…

  29. Rosane de souza Estrella disse:

    Fico indignada e revoltada por tal situação. Formei vários cidadãos de bens, formei vários profissionais que hoje certamente estão em melhores situações melhor que nós professores da rede pública. Dediquei quarenta anos da minha melhor fase na certeza que teria uma velhice ao menos digna, mas infelizmente a corrupção e um desgoverno nos deixou igual a um navio abandonado à DERIVA. Muito triste e decepcionante!!!!

  30. alba disse:

    Desrespeito e covardia c os servidores do Estado.

  31. Rosangela M. silva disse:

    Não tenho o que falar…Desejo que todos da cúpula deste governador hipócrita tenha tudo o que ele nos causou 77 vezes em dobro. …

  32. Rita de Cássia Pinto da Silva Stratievsky disse:

    É inadmissível continuarmos a passar por tamanha humilhação!

  33. luciabb2013 disse:

    RECEBIMENTO MENSAL DE VENCIMENTOS,
    PENSÕES E PROVENTOS É DIREITO
    ASSEGURADO EM LEI. AO NÃO PAGÁ-LOS
    O GOVERNO ESTÁ A INFRINGI-LA E A
    VIOLAR DIREITO LÍQUIDO E CERTO
    DOS SERVIDORES PÚBLICOS. DISSO RESULTA
    O CABIMENTO DE MANDADO DE SEGURANÇA
    É EMERGE A PERGUNTA:CADÊ O MINISTÉRIO
    É A DEFENSORIA PÚBLICOS, BEM COMO OS
    ÓRGÃOS DE CLASSE? PAGAMENTO JÁ …..

  34. Regina Lucia Carneiro Januzzi disse:

    Nunca estive em uma situação desta ,imagino que todos nós .Só peço a Deus ,que nos ajude a resistir esses momentos e não nos leve a perder a Esperança .Que Deus nos proteja desse mal que está acabando com nosso Estado e do Brasil .Que afaste todo o mal que nos rodeia ,para que tenhamos força para superar tudo e a todo Governo do Brasil !!!

  35. Maria Aparecida Silva Ferreira disse:

    Infelizmente os governantes perderam todo respeito pelos seres humanos. Como sobreviver sem salário, para pagar nossas contas e nos alimentar.Aonde estão as demais autoridades que nada fazem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s