Donald Trump e as razões para seu conveniente ceticismo climático

Um assumido cético das teses científicas que postulam que o clima da Terra está passando por transformações causadas pelo funcionamento da sociedade capitalista, o presidente estadunidense Donald Trump aproveitou as baixas temperaturas que grassam no leste dos EUA neste início de 2018 para renovar seus ataques anti-ciência do clima.

trump 0

As razões para esses ataques de Donald Trump contra as abundantes evidências de que atravessamos um período de mudanças climáticas são evidentemente econômicas e geopolíticas [1]. É que do ponto de vista de seus principais apoiadores, qualquer modificação estrutural na forma de funcionamento do sistema capitalista implicará em alterações nos padrões de consumo, principalmente no que se refere aos combustíveis fósseis.

Mas teses anti-científicas estão encontrando um terreno fértil para florescer na medida em que a persistente crise que afoga o sistema capitalista desde 2008 vem gerando uma guerra de contra-informação para que se mantenha tudo mais ou menos como está nas relações de produção e circulação de mercadorias.

Mas vamos ao que interessa. Donald Trump pode ser uma pessoa básica, mas está longe de ser o idiota que alguns tentam pintá-lo. Ele deve saber que existe uma diferença fundamental entre tempo atmosférico e clima. É que enquanto tempo se refere a um período curto de dias e semanas para que sejam feitas previsões com um mínimo de chance de acerto, os cálculos climáticos são muito mais complexos, já que se medem períodos acumulados na escala de décadas. 

Em outras palavras, o fato de estar frio por alguns dias não determina de forma alguma que a Terra está esfriando. Aliás, uma das muitas hipóteses acerca das mudanças que o aquecimento da atmosfera trará sobre o clima da Terra será a ocorrência de eventos extremos, tanto em termos de temperatura como de precipitação. Assim, podemos ter muita chuva em poucas horas para depois passarmos meses sem uma mísera chuva. O mesmo vale para as temperaturas. E, acreditem, Donald Trump e seus assessores que defendem o ceticismo climático sabem disso.

Então por que a negação do que 95% da comunidade científica postula como sendo o que se passando com o clima da Terra?  Ora, porque essa verdade inconveniente atenta contra os interesses econômicos e estratégicos das grandes corporações que Donald Trump efetivamente representa.

Para aqueles que ainda não viram um daqueles vídeos que mostrando o derretimento das calotas polares, posto um abaixo.

E após assistirem este vídeo lembrem que o que lhes pareça catástrofe ambiental iminente é visto por Donald Trump e associados como oportunidades econômicas colossais, a começar pelo aumento de tráfego de navios no Ártico [2]!

globes-Artboard_1


[1] https://www.eenews.net/stories/1060069603

[2] https://www.nytimes.com/interactive/2017/05/03/science/earth/arctic-shipping.html

Um pensamento sobre “Donald Trump e as razões para seu conveniente ceticismo climático

  1. […] Donald Trump e as razões para seu conveniente ceticismo climático […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s