ANM aumenta alerta para risco de rompimento da barragem Sul Superior em Barão de Cocais (MG)

sul superior

A barragem Sul Superior da Vale, na mina de Gongo Soco, em Barão de Cocais (MG), está em risco iminente de rompimento, segundo informou ontem a Agência Nacional de Mineração (ANM). Na mesma situação aparecem as estruturas de Forquilha I e III, entre Ouro Preto e Itabirito, e B3/B4, no distrito de São Sebastião das Águas Claras (Macacos), em Nova Lima, todas da Vale.

Técnicos da ANM fizeram uma inspeção nessas barragens e encontraram novas “anomalias”. Além disso, o que também contribuiu para a possibilidade de rompimento das estruturas foram as constantes chuvas nessas cidades em janeiro. Para piorar a situação, as quatro barragens já estavam no nível máximo de risco de rompimento.

No início deste mês, a agência, por conta do excesso de chuvas no estado, já havia determinado a empresas que possuem barragens de mineração que permanecessem em estado de alerta.

As equipes de segurança de barragens deveriam se manter em alerta com monitoramento diário das condições das estruturas – sobretudo para o estado de conservação –, além de dar atenção especial às tomadas d’água dos vertedouros, para garantir a capacidade vertente de acordo com o projeto.

_______________________________

Este material jornalístico foi inicialmente publicado pelo Diário de Barão de Cocais [Aqui!].

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s