Teich, o breve, honra o Juramento de Hipócrates e pede demissão

bolso teichO médico Nelson Teich cansou-se rapidamente das humilhações diárias e interferências descabidas e pediu demissão do cargo de ministro da Saúde do governo Bolsonaro

Antes mesmo de completar um mês na condição de ministro da Saúde do governo Bolsonaro, o médico Nelson Teich tomou a primeira medida honorável que eu tenho lembrança em seu curto mandato no ministério chave para qualquer país que queira seriamente debelar a pandemia da COVID-19.  É que o Ministério da Saúde acaba de informar que Nelson Teich pediu demissão, configurando o que foi uma das mais brevíssimas ocupações de uma cadeira da qual tenho lembrança em meus quase 60 anos de vida.

Surpreendentemente, Nelson Teich teve menos paciência do que Luiz Henrique Mandetta para aturar as humilhações diárias e interferências descabidas do presidente Jair Bolsonaro.

Nelson Teich deve ter calculado que seria melhor passar para a história como um médico que honrou o Juramento de Hipócrates do que um que colaborou para impor uma medicação, no caso a cloroquina, que todos os experimentos científicos sérios mostram ser de alto risco e mormente improdutivo. Em suma, melhor ser breve, do que cúmplice.

E agora sem Teich, em uma toada destrambelhada segue o governo Bolsonaro.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s