Blog do Pedlowski recebe notificação extra-judicial por noticiar conflito socioambintal em Belisário (MG)

Uma coisa que sempre me deixou curioso ao longo dos quase 6 anos de existência do “Blog do Pedlowski” foi o fato de que apesar de todos os fatos espinhosos que foram abordados, nenhuma notificação judicial ou extra-judicial havia sido produzida contra mim. Eu normalmente atribui essa falta de notificações com o fato de que a audiência atingida era insignificante demais para as corporações se preocuparam em tentar silenciar este blog.

Bom, esse cenário acaba de ser modificado por uma notificação extra-judicial que foi enviada ao endereço do blog pelo prestigioso escritório de advocacia  “Moraes Pitombo Advogados”  em relação à postagem que fiz em relação à ameaça de morte cometida contra o Frei Gilberto Teixeira que atua no Distrito de Belisário em Muriaé (MG) (Aqui!).

Como os leitores do blog poderão observar a partir da leitura da notificação da “Moraes Pitombo Advogafos” que se apresenta na condição de representante legal da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) se baseia em dois aspectos da minha postagem sobre a ameaça de morte cometida contra o Frei Gilberto: 1) que a ameaça não teria ocorrido, já que a CBA teria procurado registros policiais sobre o fato e não teria encontrado qualquer registro, e 2) que eu teria feito referência direta à CBA como sendo partícipe da ameaça que relatei.

Em relação à primeira sustentação da notificação, creio que essa é uma matéria já ultrapassada após a declaração pública da Diocese de Leopoldina registrando a ameaça (Aqui!) e o lançamento de uma nota assinada por 73 entidades igualmente abordando o fato (Aqui!). Em outras palavras, a ameaça não só existiu como foi fortemente repudiada por causa da sua natureza anti-democrática.

Já em relação ao segundo aspecto da notificação, deixo claro que não fiz qualquer referência à CBA como partícipe da ameaça feita ao Frei Gilberto e, inclusive, estranho que essa ligação tenha sido feita por quem diz representar a empresa.

Um aspecto que parece ter fugido à atenção de quem produziu esta notificação extra-judicial é que este blog opera amparado numa ampla rede de contatos que colabotam com materiais que normalmente ainda não chegaram à atenção da mídia corporativa. Além disso, antes de publicar quaisquer postagens relacionadas à conflitos socioambientais, realizo uma verificação direta antes de publicar.  Talvez por isso é que tenha demorado tanto tempo para uma notificação desta natureza aparecer.

O fundamental nesta questão é que o blog já cumpriu e continuará cumprindo o seu papel de informar sobre os conflitos em curso em Belisário, e que a repercussão alcançada já justificou a publicação feita. Além disso, continuarei a abordar os eventuais desdobramentos deste caso da mesma forma com que tenho feito em outros casos, qual seja, de forma documentada e equilibrada, pois só assim manterei o nível de confiança que os leitores deste blog depositam no que aqui é publicado.

Finalmente, continuo prestando toda a minha solidariedade ao Frei Gilberto e aos agricultores do Distrito de Belisário, pois são eles os que precisam ser realmente apoiados nos duros embates que estão conduzindo em defesa de suas formas de organização social e produtiva.

 

11 pensamentos sobre “Blog do Pedlowski recebe notificação extra-judicial por noticiar conflito socioambintal em Belisário (MG)

  1. […] O Blog do Pedlowski, editado pelo geógrafo Marcos Pedlowski, professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), recebeu notificação extrajudicial da Companhia Brasileira de Alumínio, que exigiu a remoçando do nome da empresa de post que noticiou conflito socioambiental em Belisário, em Minas Gerais, uma das localidades em que a mineradora realiza extração de bauxita. Confira em “Blog do Pedlowski recebe notificação extra-judicial por noticiar conflito socioambintal em …. […]

  2. Marco Antônio disse:

    Parabéns Professor Marcos a chegada desta notificação é prova da veracidade do que foi relatado (se alguém ainda duvidava). Encare como uma prova da relevância de seu trabalho. Parabéns pelo blog.

    • Marco Antônio, obrigado por acompanhar o blog. Creio que a relevância do blog depende sempre de seus leitores e daqueles que decidem colaborar para que determinados assuntos possam ser pautados. Quanto à notificação extra-judicial, eu realmente não entendi porque decidiram realizá-la, pois nada do que foi tratado está em desacordo com a realidade tal como ela é. Mas, enfim, bola para frente.

  3. […] extra-judicial recebida dos representantes legais da Companhia Brasileira de Aluminio (Aqui!). Essa é uma mensagem extremamente bem vinda, especialmente porque respeito muito o trabalho […]

  4. Abilio Maiworm-Weiand disse:

    Estimado Pedlowski.
    “Toda vez que um justo grita, um carrasco vem calar”, como muito bem versificou a nossa poetisa Cecília Meireles. Receba a minha singela solidariedade contra mais uma ação tão corriqueira e repugnante do capital. Um companheiro aguerrido e destemido como você, além de não se intimidar por tão vil ameaça, sabe que seu trabalho neste veículo de divulgação e reflexão está alcançando uma importante dimensão. Todo apoio ao Blog do Pedlowski!

  5. […] CBA – Curiosamente, a CBA saiu do silêncio através de uma notificação extrajudicial enviada ao Blog do Pedlowski, um dos primeiros a noticiar as ameaças de morte contra Frei […]

  6. […] escritório encaminhou ao Blog do Pedlowski , editado pelo professor da Universidade do Norte Fluminense Marcos Pedlowski, Notificação […]

  7. […] As ameaças de morte ao Frei Gilberto Teixeira, um dos líderes da resistência contra a extração de bauxita no Distrito de Belisário, Muriáe (MG), e que foram noticiadas inicialmente neste blog no dia 20 de Fevereiro deste ano (Aqui!) motivaram até o envio de uma notificação extra-judicial  contra mim pelos representantes legais da Companhia Brasileira do Alumínio (CBA) que exigiam que eu retirasse a citação à empresa da postagem (Aqui!). […]

  8. […] a remoção da referida postagem “sob pena de adoção de medidas judiciais cabiveis” (Aqui!). E para tanto, me foi dado o prazo de 24 horas. Como entendi que nada havia feito além de […]

  9. […] Venho acompanhando o conflito sócio-ambiental que envolve as comunidades que tradicionalmente habitam o entorno do Parque Estadual Serra da Brigadeiro  (PESB) desde que o Frei Gilberto Teixeira foi ameaçado de morte por causa de seu papel de liderança na organização da resistência à proposta expansão da mineração da bauxita naquele importante fragmento de Mata Atlântica (Aqui!, Aqui! e Aqui!).  Por conta da divulgação desse conflito,  já fui notificado extra-judicialmente e até processado pelos representantes legais da Companhia Brasileira de Alumínio  (CBA) (Aqui! e Aqui!). […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s